Consultores, fabricantes e representantes discutem melhores práticas de atendimento no foodservice

No dia 15 de março, o grupo consultores da FCSI no Brasil se reuniram com os principais fornecedores de equipamentos do setor. A conversa, organizada pela FCSI, teve como objetivo ajustar procedimentos visando melhorar o atendimento aos clientes no mercado de foosdervice. A FCSI é a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice que, fundada há mais de  60 anos, conta com representantes nas Américas, Europa, Ásia e África.

Ao todo, doze membros da FCSI, entre projetistas e consultores, juntaram-se a 42 representantes dos principais fabricantes e fornecedores de equipamento nacionais e importados, para discutir as melhores práticas para alinhamento de conduta.

O evento foi organizado pelo grupo da FCSI no Brasil, liderado por Marco Amatti, líder da FCSI na América Latina, José Aurélio Claros Lopes, co-líder no Brasil, Emmanuel Melo e Raoni Saad, membros do comitê de normas da divisão Américas. A consultora Nathália Sinfuentes palestrou no encontro, falando com os participantes sobre a tecnologia BIM.

Para Milton Machado, engenheiro e diretor comercial da fabricante Prática, a implantação do BIM é um “processo irreversível”. Ele enxerga uma transição demorada, mas destaca as vantagens do sistema. “Entendemos que é um processo de médio e longo prazo e com a liderança do FCSI essa migração para o BIM será realizada num horizonte de 3 a 5 anos. As empresas brasileiras deverão trilhar esse caminho pois as colocará de igual para igual no contexto internacional com as melhores práticas do mercado”.

O principal resultado prático do encontro foi a criação de uma comissão para acompanhar a padronização das fichas técnicas, manuais e outras informações referentes aos equipamentos. Esses documentos técnicos irão seguir padrões internacionais recomendados pela FCSI e que vão preparar o setor para a plataforma BIM como já vem ocorrendo em todo o mundo. Essa normatização tem prazo de 12 meses para ser implementada.

Os fabricantes também demonstraram interesse em participar da FCSI como membros aliados. Machado explica porque a empresa sua empresa faz parte a Sociedade no Brasil. “A Prática entende que ao apoiar o FCSI está, ao mesmo tempo, colaborando para  o mercado de Food Service no Brasil. A FCSI exerce um papel importante para elevar o grau de qualidade de todo o ciclo que envolve um bom projeto de restaurante profissional. O FCSI é como um selo de segurança para os clientes que contratam esses profissionais, pois eles atuam por procedimentos éticos, se utilizando das melhores práticas operacionais para o funcionamento de um empreendimento”.

O encontro foi realizado no Hub Foodservice.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Time de arquitetura passa por capacitação em BIM

Os profissionais de arquitetura do StudioIno estão passando por capacitações para aprimorarem os conhecimentos em BIM, a plataforma mundial para projetos desse tipo. As aulas focam em Autodesk Revit e são ministradas por Isamar Marchini Magalhães, que é engenheira especializada no software e da equipe do StudioIno.

“O BIM (Building Information Modelling ou Modelagem da Informação da Construção) é uma realidade para o setor de AECO (Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação) no Brasil, sendo o Revit uma das ferramentas mais utilizadas para modelagem 3D. Ela é, inclusive, recomendada pela FCSI”. A FCSI é a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice da qual os gestores do StudioIno fazem parte.

Benefício do BIM para os clientes

Isamar explica que a capacitação é importante porque, em maio de 2018, o Governo Federal assinou um decreto com a estratégia nacional de implantação do BIM no território nacional. “Como o BIM não é algo que seja possível implantar de uma hora para outra, temos que nos preparar para poder oferecer essa tecnologia aos nossos clientes”.

A engenheira cita diversos motivos pelos quais o trabalho com BIM é mais vantajoso para quem está fazendo os projetos e para os clientes. Entre eles, o fato de a plataforma permitir a modelagem virtual do que será construído e a inclusão de dados sobre os materiais que serão utilizados. “Por exemplo, [na ferramenta] uma parede deixa de ser duas linhas paralelas, para receber características dos materiais que a compõe. Os equipamentos deixam de ser retângulos, podendo ter diversas informações agregadas que podem variar desde as informações de suas conexões, instalação, custo ou até mesmo os procedimentos para sua manutenção”.

Por ser um método mais completo de projetar e planejar, a metodologia BIM permite a compatibilização das diversas disciplinas durante a fase de projeto, fazendo com que sejam evitados retrabalhos mais adiante. “As interferências de obra que muitas vezes só conseguem ser verificadas quando da construção, poderão ser checadas na fase de modelagem, resultando em redução de custo e cronograma”, detalha Isamar.

Depois da obra finalizada, os benefícios de se ter projetado com BIM permanecem para os operadores os clientes. Isamar explica que o sistema permite acessar informações do software para gerir, por exemplo, a manutenção dos equipamentos utilizados.

Desafios na implantação

Para funcionar dessa forma integrada, o BIM deve conter uma biblioteca de informações sobre materiais e equipamentos. Atualmente, esses dados ainda não estão plenamente disponíveis quando se trata de itens de fabricantes brasileiros, principalmente para a área de food service. Isso representa um desafio para empresas que estão adotando o sistema. “Precisamos ter disponíveis informações assertivas dos equipamentos que serão especificados no projeto. Seria fundamental a parceria dos fabricantes, que poderiam disseminar as especificações”.

Treinamento

O treinamento foi iniciado em fevereiro. Isamar trabalha com Autodesk Revit desde 2016 e é BIM Manager certificada pelo Zigurat Institute of Technology e o nossoBim.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Diretora do StudioIno recebe certificação máxima da FCSI

Diris Petribu, diretora de arquitetura do StudioIno, recebeu a certificação de membro profissional da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI). Essa é a categoria mais elevada da FCSI e para conquistá-la é preciso ser aprovado em exames de conhecimento, habilidade e atitude. A cerimônia de entrega dos certificados e pins para os novos membros foi realizada na última semana durante o Simpósio da FCSI, em Orlando, Flórida, EUA. Além de Diris, outros integrantes do time do StudioIno fazem parte da FCSI. Emmanuel Melo, diretor de Design, também é membro profissional. João Carlos Faias, gerentes de projeto, é membro associado.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

(Imagem de cabeçalho: FCSI)

Novidades do foodservice que encontrei em Chicago

No último final de semana, fiz algumas visitas técnicas a novos estabelecimentos de foodservice em Chicago (EUA). A programação fez parte das atividades do Comitê de Padrões Internacionais (CPSTA), do qual eu e Raoni Saade fazemos parte. O CPSTA é um braço da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI). Abaixo, compartilho o que chamou minha atenção durante as visitas:

1 – Nova McDonald’s

O novo ponto foi construído no lugar da “fifties McDonalds” ou “Rock’n’Roll McDonald’s”. Enquanto a anterior homenageava a década de 50, a nova é um marco de modernidade e uma unidade “flagship” para a marca. O prédio conta com teto solar, 70 árvores e certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED). Como um cubo de vidro o novo McDonald’s se assemelha às lojas da Apple. As venda são realizadas nos totens e também no balcão, existe ainda a possibilidade de receber o pedido na mesa.  

 

Mais: https://www.independent.co.uk/news/business/mcdonalds-chicago-new-store-opening-apple-flagship-steve-easterbrook-a8490076.html

https://www.youtube.com/watch?v=K0cobPu8Bvg

 

2 – Loja física da Amazon

Recentemente, a Amazon comprou a rede de lojas de comidas saudáveis Whole Foods e abriu a primeira unidade física da marca. Os dois fatos convergem. Na AmazonGo o serviço é realizado sem filas e sem caixas. As compras são debitadas automaticamente na conta da AmazonGo do cliente.

 

Mais: https://www.youtube.com/watch?v=NrmMk1Myrxc

 

3 – Princi Italian Bakery

O estabelecimento de conceito italiano é operado pela Starbucks nos EUA e conta com padaria, focaccias, salada, café e bar.

Mais em: https://www.businessinsider.com/starbucks-bakery-opens-with-princi-photos-2018-8

 

4 – Novidades da Starbucks

As novas lojas da Starbucks têm detalhes como vitrines “frameless” sem molduras e sem serigrafia.

 

 

Emmanuel Melo

Diretor de Design

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Prática oferece treinamento para consultores da FCSI no Brasil

Um grupo de integrantes da FCSI (Sociedade Internacional de consultores de foodservice, na sigla em inglês) se deslocou para Pouso Alegre em Minas Gerais para uma capacitação organizada pela fabricante Prática. O workshop é importante para a história da FCSI na América Latina porque a empresa é a primeira da região a participar do Programa de Crescimento Profissional da Sociedade.

O workshop foi realizado no último dia 23 e teve como objetivo “a troca de conhecimentos e experiências entre o fabricante e os consultores de mercado no que se refere ao segmento de panificação e confeitaria”, explica Renato Patrício diretor da Prática.

 

 

Emmanuel Melo e Diris Petribu, diretores do StudioIno, participaram do treinamento. Melo conta porque a capacitação é tão relevante para os consultores da FCSI no Brasil. “Este primeiro curso concedeu 3.5 Unidades Educacionais Continuadas (CEUs). Como sabemos desde 2010, os membros consultores devem obter o número especificado de CEUs a cada ano para manter seu status na sociedade”

A parceria da Prática com a FCSI começou no ano passado. Para Patrício, o trabalho conjunto é importante porque a empresa e a sociedade têm visões semelhantes do mercado. “Temos objetivos em comum: alimentação saudável e de qualidade sem desperdícios que contribuam para a sustentabilidade e meio ambiente. Entendemos que temos muito a aprender com renomadas empresas de consultoria como, por exemplo, o StudioIno”.

Para Emmanuel, a iniciativa da Prática serve de incentivo para outros fabricantes e profissionais de foodservice da região se juntarem à FCSI. A empresa já têm outra capacitação na agenda. “Teremos uma segunda etapa que integrará a panificação ao congelamento rápido”, conta Patrício.

Sobre a Prática – Fundada em 1991, a Prática desenvolve, fabrica e comercializa fornos profissionais, ultracongeladores e máquinas de panificação. A empresa é detentora das marcas Technicook, Technipan e Klimaquip.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

Franquia brasileira é destaque em anuário americano de foodservice

Pelo segundo ano consecutivo, um projeto do StudioIno foi publicado na Project ShowCase, revista anual da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). O trabalho para a rede Pizza Makers foi selecionado dentre submissões de arquitetura e gestão de foodservice enviadas por membros da FCSI de diferentes países.

A publicação mostra desde a criação do conceito até as soluções de equipamentos e de espaço feitas para a pizzaria. “Greg Machado, o empreendedor por trás da ideia do Pizza Makers, queria que as pessoas pudessem fazer escolhas como parte da experiência de fazer a pizza. Para o novo restaurante ele pegou o formato das pizzarias tradicionais e incrementou as coisas”, conta a revista.

O StudioIno foi responsável pelo desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes. “Os profissionais do StudioIno organizaram um eficiente restaurante conceito de “monte sua própria pizza” ancorado em fornos rápidos”, mostra a Project ShowCase.

Saiba tudo sobre o projeto do Pizza Makers  

 

Soluções de arquitetura e equipamento

Os detalhes da arquitetura são destaque na publicação. “O Pizza Makers foi desenhado para caber em uma variedade de pequenos espaços. O visual e o sentimento de “feito à mão” está presente da decoração à comida, na forma de pizzas, calzones ou saladas individuais e personalizadas. O balcão de serviços inclui recipientes refrigerados para que o cliente possa ver todos os ingredientes, e um espaço de trabalho grande o suficiente para os funcionários prepararem os pratos”.

Baixe a matéria sobre o Pizza Makers na Project ShowCase

O futuro da rede Pizza Makers

O trabalho do StudioIno com o Pizza Makers começou em 2016. Atualmente, a rede conta com oito unidades inauguradas entre Rio de Janeiro e São Paulo. Outras duas estão em obras, com previsão de abertura até o final do ano.

Mais brasileiros na Project ShowCase

Para a edição de 2018 da Project ShowCase, foram selecionados 14 projetos. O trabalho dos consultores Nathalia Sifuentes e Armando Pucci para o Hotel Palácio Tangará também foi escolhido para a publicação. Junto com o StudioIno, esses são os dois únicos projetos brasileiros escolhidos, todos os outros 12 da lista são assinados por escritórios norte-americanos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

InFood registra grande procura de Informações sobre delivery

As oportunidades para serviços de delivery de alimentos estão crescendo no Brasil. O InFood, site especializado em novidades do foodservice registrou mais de 25 mil acessos ao artigo que a arquiteta e diretora do StudioIno Diris Petribu produziu para a página sobre este assunto.

Os bons resultados da publicação foram apresentados por Reginaldo Andrade, diretor do InFood, na última edição da Casa Cor em São Paulo. A produção de artigos de especialistas foi uma parceria fechada entre o site e a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI) no Brasil. Em 2017, 14 textos escritos por membros da FCSI foram publicados.

O artigo de Diris, que foi ao ar em janeiro do ano passado, é baseado no conteúdo de uma palestra sobre o mesmo tema que a arquiteta havia apresentado na Equipotel.

Sobre as oportunidades no mercado de delivery

A publicação na InFood mostra porque o mercado de delivery está em alta no país e o que um negócio de foodservice precisa fazer para aproveitar esta oportunidade. O artigo aborda:

  • Porque investir em delivery
  • Os aplicativos de delivery
  • Como preparar um negócio para o delivery
  • Como montar o cardápio deste serviço
  • Como administrando as vendas e as entregas
  • Como comunicar o serviço
  • Como estruturar o espaço físico para o serviço de entrega

Mais sobre o InFood

O InFood foi fundado em 2014 e é um site de notícias voltado para empreendedores do setor de alimentação. A página cobre eventos e novidades nas áreas de restaurantes, fastfood e foodservice, recebendo mais de 200 mil acessos por mês.  

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

FCSI comemora resultados de representantes brasileiros na Fispal

Pelo segundo ano consecutivo, a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, em inglês) esteve presente na Fispal com atividades voltadas tanto para profissionais do setor quanto para empreendedores. Com o fim de mais uma edição da feira, os representantes norte-americanos da FCSI que estiveram no evento comemoram os bons resultados.

“A energia da FCSI no Brasil é incrível de se ver. Os membros que fazem parte da divisão brasileira doam seu tempo e esforço incansavelmente para promover a FCSI. Agradeço cada um pela hospitalidade e pelos serviços prestados à Sociedade”, disse Eric Norman, consultor da FCSI.

Doug Huber, também consultor e membro do Comitê de Padrões Profissionais da FCSI, comentou: “Dizer que estou impressionado é pouco. Nosso integrantes na América do Sul são embaixadores incríveis (…) eu recomendo que todos os membros da FCSI pelo mundo observem como esse grupo de líderes vai mudar o mercado de consultoria para melhor nos próximos anos”.

Os depoimentos foram publicados na última edição do informativo da FCSI.

Atividades na Fispal

Durante toda a feira, consultores brasileiros da FCSI prestaram orientações gratuitas para empreendedores do foodservice. Este é o segundo ano que o Fale com o Especialista é promovido. A Sociedade também realizou uma série de palestras de membros brasileiros e estrangeiros, tendo um horário reservado todos os dias na programação da Fispal. Huber, por exemplo, participou das atividade e conversou com consultores sobre como fazer parte da Sociedade. João Carlos Faias, arquiteto do StudioIno e também membro da FCSI, fez palestra sobre as oportunidades de pequenos negócios de foodservice.

Fispal

A Fispal 2018 foi realizada de 12 a 15 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Além de Doug Huber e Eric Norman, fizeram parte também da comitiva estrangeira que veio ao Brasil acompanhar a feira os consultores Wade Koehler e Bill Caruso, e o ex-presidente da FCSI William Taunton.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Franquia brasileira selecionada para publicação em anuário americano de foodservice

Todos os anos, a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês) escolhe projetos de arquitetura e gestão de diferentes países para publicação na revista Project ShowCase. O objetivo é destacar ideias inovadoras e relevantes. Pelo segundo ano consecutivo, o StudioIno conquistou um espaço no anuário. Desta vez, com o projeto de desenvolvimento da franquia Pizza Makers.

Membros da FCSI de todo o mundo podem submeter iniciativas para avaliação a publicação. Para a edição de 2018, foram selecionados 14 projetos. O trabalho dos consultores Nathalia Sifuentes e Armando Pucci o Hotel Palacio Tangara também foram escolhidos. Esses são os dois únicos projetos brasileiros escolhidos, todos os outros 12 da lista são ações de escritórios norte-americanos.

O que se destaca no projeto para o Pizza Makers

O trabalho do StudioIno com o Pizza Makers começou em 2016 quando o empresário Greg Machado procurou os consultores para tirar do papel a ideia para um empreendimento no qual o cliente pudesse montar a própria pizza.  O StudioIno atuou desde a criação da filosofia até o acompanhamento das obras. O trabalho todo envolveu: desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes.

A operação do Pizza Makers cria uma nova experiência para os consumidores. A filosofia do restaurante se baseia na cultura “maker”, que valoriza as ideias de “faça você mesmo” e “mão na massa”. Essa abordagem se faz presente em todos os aspectos do restaurante, desde a comunicação visual até a própria arquitetura do espaço.

Pizza Makers hoje conta com cinco unidades abertas no estado de São Paulo. Outros quatro pontos estão em obras e Greg Machado, fundador da rede, afirma que elas devem ficar prontas ainda no primeiro semestre de 2018.

Saiba tudo sobre o projeto do Pizza Makers

Viena Delish na publicação da FCSI

No ano passado, outro projeto do StudioIno também foi selecionado para publicação na Project ShowCase. Naquela ocasião, o desenvolvimento do novo posicionamento do restaurante Viena Delish foi escolhido.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Consultores oferecem orientações gratuitas para empreendedores de foodservice

Especialistas em design, arquitetura e gestão de produtos e estabelecimentos de foodservice estarão na Fispal oferecendo consultoria gratuita para interessados em empreender no setor de alimentação. Para participar, é só se cadastrar aqui. A Fispal será realizada de 12 a 15 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

As conversas com os profissionais são iniciativa dos integrantes brasileiros da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). Os diretores do StudioIno Diris Petribu e Emmanuel Melo farão parte da equipe que prestará o serviço, assim como o arquiteto e coordenador de projetos João Carlos Faia.

Essa é a segunda edição do Fale com um Especialista da FCSI na Fispal. O objetivo é ajudar empresários de foodservice a iniciar um novo negócio ou incrementar um já existente, além de popularizar as atividades da FCSI entre o público brasileiro. As consultorias duram meia hora e são realizadas no estande da Sociedade na feira. No total, a equipe de especialistas prestando o serviço gratuito contará com 16 profissionais.

Em 2017, a iniciativa atendeu 40 empresas de 14 diferentes estados do Brasil.

 

Serviço:

Fale com um especialista FCSI

Fispal

Data: 12 a 15 de junho de 2018

Horário: Das 14h às 18h30

Local: Expo Center Norte – São Paulo

Inscrições: https://www.fispalfoodservice.com.br/pt/atracoes/fale-com-um-especialista-fcsi.html

Valor: gratuito

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.