Como é o processo de desenvolvimento de um equipamento para foodservice

Da observação de um problema vem a ideia para a solução. Neste vídeo editado para a Topema Cozinhas Profissionais, o designer Emmanuel Melo fala sobre o processo de desenvolvimento de uma inovação em foodservice. Os produtos em questão são os itens da linha KeepMyFood, uma nova forma de pensar conservadores de alimento.

 

Mais sobre o KeepMyFood

A linha KeepMyFood é composta por conservadores e expositores de alimentos. Os produtos foram desenhados exclusivamente para a Topema. Os equipamentos são feitos em alumínio, aço e vidro temperado, e contam com resistência cerâmica e iluminação em LED.

A Topema destaca algumas vantagens competitivas da linha Keep My Food. Entre elas, forma inovadora de aquecer, leveza, design moderno e fácil manutenção e manuseio.

 

Saiba tudo sobre o Keep My Food  

Veja como foi o desenvolvimento da linha Keep My Food

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

A História do KeepMyFood

Como designer sou curioso e inconformado.

Fui treinado para observar e me colocar na pele das pessoas durante as mais corriqueiras atividades.

O foodservice é o meu cenário predileto de observação e de busca de oportunidade para melhorar a experiências das pessoas.

Diariamente, eu almoço em um restaurante por kg aqui no bairro, perto do escritório.

Vejo a comida nos balcões de self dentro de cubas de aço inox, conservadas em esfumaçados banhos-marias, aquecidos por fogareiro a álcool e exposta aos bocejos dos meus colegas consumidores.

Isso não parece uma boa solução para expor, conservar e servir comida.

Dessa observação nasceu, há cerca de dois anos, o KeepMyFood.

KeepMyFood é um conjunto de equipamentos para a exposição e distribuição de alimentos, aquecidos e refrigerados, que utilizam placas de vidro temperados e decorativos como superfície térmica para conservar a temperatura das comidas. A linha se completa com protetores salivares, expositores built-in, aquecedores superiores e acessórios.

Um encontro casual

No início do ano passado, o StudioIno recebeu a visita do presidente da Topema, Sr. Nelson Cury filho, para tratar de outro tema. O Sr. Nelson viu um protótipo da Bandeja Térmica KeepMyFood aquecendo uma porção de pão de queijo e outros quitutes que lhe oferecemos. De cara, ele se interessou pelo projeto.

O resultado

Após um ano de testes realizados pela equipe de engenharia da Topema, o resultado pode ser visto nas prateleiras das principais lojas do setor e também na internet. As Bandejas Aquecedoras Portáteis foram os primeiros produtos do sistema de distribuição de alimentos KeepMyFood a chegarem ao mercado. Os produtos já estão disponíveis para os restaurantes por kg e para outras operações de foodservice.

Com design simples, as bandejas são fáceis para usar e limpar, não utilizam chama aberta ou combustíveis como réchauds, nem água aquecida como em banhos-maria.

Versáteis e práticos, esses expositores inovam o serviço de distribuição de alimentos de forma segura para o consumo enquanto agregam melhor percepção de valor ao restaurante e contribuem para uma excelente apresentação profissional dos pratos.

Os expositores KeepMyFood atendem a Resolução RDC n. 216, 2004 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com temperaturas seguras para conservação dos alimentos e protetores salivares.

Nós do StudioIno estamos orgulhosos e com certa dose de vaidade por participar desse lindo projeto.

Emmanuel Melo – FCSI, Designer e Diretor do StudioIno.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Apex divulga solução de design brasileiro para mercado americano

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) divulgou o projeto desenvolvido pelo StudioIno para a Topema tendo em vista o mercado dos Estados Unidos. O redesign do robô para vendas automática de sorvetes foi realizado para humanizar o produto e torná-lo mais competitivo no exterior.

A matéria da Apex mostra todos os detalhes do trabalho e os objetivos da Topema para crescimento no mercado americano. Leia mais clicando na imagem abaixo:

Design brasileiro para exportação

A projeto para a Topema foi realizado como parte do programa Design Export da Apex-Brasil, do qual o StudioIno faz parte. A iniciativa seleciona, por meio de editais, empresas brasileiras com perfil exportador. A partir daí, o Design Export dá todo suporte, inclusive financeiro, para o desenvolvimento de projetos de embalagens e/ou produtos. O incentivo tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas brasileira na busca de novos mercados no exterior.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Topema avança no mercado americano com design brasileiro

O programa Design Export divulgou, recentemente, o case da Topema. A empresa está expandindo o portfólio de exportação com um produto redesenhando pelo StudioIno:

Com uma história de mais de 50 anos, a Topema Cozinhas Profissionais fabrica equipamentos e acessórios para cozinhas em Diadema, São Paulo. A empresa já exporta para os Estados Unidos e, para aumentar a percepção de valor em um dos seus produtos, participou do Design Export para redesenhar o equipamento.

Trata-se do ROBO FROZEN®, produto da linha Innovations que se comporta como uma vending machine totalmente automatizada para a venda de sorvetes, doces e quaisquer produtos consumíveis que podem ser dosados. De acordo com Lourival Nascimento dos Santos, diretor de inovação da Topema, era preciso fazer melhorias no equipamento. “A percepção é de que a máquina atual ainda intimida o usuário. Ela precisa trazer aos consumidores uma experiência de compra agradável e interativa. Nossa intenção foi deixá-la com uma interface melhor e com acabamento perfeito, além de cumprir as exigências de órgãos certificadores nacionais e internacionais”, comenta.

O escritório StudioIno foi conectado à empresa e assumiu o projeto de redesign do ROBO FROZEN®. “O grande desafio era humanizar um equipamento robótico automatizado. Trabalhamos na melhoria da percepção visual, na criação de trilha sonora, nas luzes e na comunicação no ponto de venda. Tudo isso para melhorar a experiência do consumidor”, diz o designer Emmanuel Melo.

 

Informações do Design Export

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.